Sobre o tempo ocioso – o nosso, o deles

post

Há algum tempo, na verdade, há bastante  tempo, uma professora amiga minha me disse “o ócio é necessário para dar sentido ao descanso”. Na época concordei e pronto.

Agora, ao acompanhar o crescimento de minha filha, relembro a fala da minha amiga e dou a essa fala outro sentido, algo ainda maior que antes. Como mãe, acredito ser importante o ócio. Mas como pedagoga, acredito que o ócio é mandatório! As crianças precisam de momentos ociosos, sem fazer nada mesmo.

Por “ócio” entende-se pequenos intervalos, que podem variar de minutos a horas, ao longo do dia. Ao longo da semana. Ao longo da vida.

Tais momentos são de suma importância para a construção da criatividade, da autoimagem e também da autorregulação. A criança que para um pouco ao longo do dia, que faz pausas em suas atividades, tem mais contato consigo mesma, e consequentemente, maior autoconfiança e autoconhecimento.

O mesmo vale para nós, adultos cheios de afazeres, com múltiplas funções no cotidiano maçante. O ócio é necessário. A pausa é fundamental.

Tatiana Silvério
Tatiana Silvério
{pedagoga, editora do blog Curtindo com Crianças e mãe da Isabel}

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *